PT Retira apoio que gera Desacertos de Varios partidos aliados ao prefeito Edivaldo Júnior

Como acreditar em homens que fazem da palavra, uma brincadeira? que não
tem compromissos com o que dizem e fazem. 
                     Sinal de alerta vermelho foi ligado no PDT e no Palácio de La Ravardiere. Na noite de segunda-feira (25), o PT tomou a decisão de suspender a aliança com Edivaldo Holanda Júnior, após o partido ter se sentido traído e enganado pelo prefeito de São Luís e o deputado federal Weverton Rocha. Acontece que a decisão dos petistas pode acabar levando outras siglas a tomarem os mesmos posicionamentos, e isso está apavorando a cúpula da prefeitura de São Luis, e que pode se estender as principais cidades do Maranhão onde os apoios foram compromissados.
                    Ao tomar a decisão de retirar a aliança com Edivaldo Holanda Júnior, o PT expôs mais uma vez, como o prefeito de São Luís tratou a maior parte da classe política da capital maranhense nos últimos anos. A base de palavras mansas, promessas e mentiras, Holandinha, enrolou por quase três anos e meio vários políticos, entretanto, às vésperas da eleição e com recurso sobrando para fazer politicagem, ele conseguiu atrair mais uma vez na base do dinheiro e do falso acordo, aqueles que ele conseguiu enganar desde 2012.
                    Desesperados e necessitando de recursos para garantir a reeleição ou simplesmente se manter na vida política, presidentes de partidos optaram pelo caminho mais fácil, aceitar a oferta de sustentação financeira e caminharem juntos com Edivaldo, um acordo que já deu sinais de golpe.
                    Com o PT também não foi diferente, Edivaldo, Weverton e o PCdoB fizeram um acordo de ofertar a candidatura de vice-prefeito ao partido, além da formação de uma boa coligação proporcional para garantir a eleição de vereadores e ajudas de estrutura, acontece que nada foi cumprido, após o anúncio da aliança PT-PDT, dois dias depois o deputado federal conhecido pela alcunha de “Maragatuno” foi negociar em Brasília com o PSB e os Rochas, a vaga de vice-prefeito, evidenciando que os petistas foram apenas enganados mais uma vez par servirem de cobaias.
                    Fora isso, Weverton Rocha, não manteve a palavra de apoiar o PT em Zé Doca, município este que é prioridade número um, da CNB (Construindo um Novo Brasil) no Maranhão, portanto, mais uma vez agindo ao seu estilo sorrateiro, traidor, e desonesto, o deputado rapineiro, negociou  aliança com Josimar de Maranhãozinho em São Luís, e entregou o PDT para apoiar sua irmã, sendo ele, presidente do PR em Zé Doca,e velho conhecido destas negociatas traiçoeiras.
                    sabendo destas manobras, sem precedentes e inescrupulosas, foi que, outros partidos já se fazem o questionamento: Como continuar acreditando em Edivaldo Holanda Júnior e Weverton Rocha? o que pode levar a sigla a um esvaziamento dos aliados.
                                                                                             Fonte Blog do Diego Emir.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo