QUINTO DIA DO ARRAIAL VIVA SÃO JOÃO, UMA PAGINA ESCRITA NA HISTORIA DA CULTURA ZEDOQUENSE.

                    O quinto dia do arraial viva são João ano IV em Zé Doca, ficou marcado por uma nova página escrita no movimento cultural na arena, nela podemos ver desfiles, exibições, coreografias, e um luxo popular nas fantasias dos brincantes, e este foi o ponto mais emocionante, a criatividade dos figurinistas, que usando de suas habilidades, transformaram a simplicidade em beleza de artes, e riquezas de cores.
                    Com uma praça lotada, e um público acima da expectativa, passaram com muito charme, elegância e beleza, diversas apresentações, que deixava atentos, jovens, crianças e idosos que contribuíram com suas agradáveis presenças, e que foram presenteados com este encanto de belezas, apresentados por cada atração apresentada, e esta junção, público brincantes, foi o principal ingrediente para transformar uma simples noite, em um mundo magico e encantador, com uma conexão, povo participantes e apresentadores dinâmicos, formando um contraste de muita paz e felicidades, que fez da festa mais popular nordestina e brasileira, que a cultura não pode ser esquecida, e esta simbologia, faz renascer as lembranças de um passado, vindo para o presente.
                    Tanto a arena quanto a praça de eventos, estavam completas de belíssimas pessoas, e lindas mulheres, que desfilavam seus charmes, suas simplicidades, e acima de tudo, fizeram da arena, um ambiente de descontração, encontro de amigos, onde tiveram a oportunidade de se desligarem do mundo estressante, para um momento de descontração e alegrias, sempre contando com muita segurança. E nesta noite maravilhosa podemos contar com as seguintes atrações: Quadrilha do Pro-Jovem, Quadrilha Brilho de Portugal, Dança Indígena Aracatã, Boi de Orquestra Encanto da Cunhã, e para fechar a noite com muito embalo e um ótimo repertório, Monica pires e Banda. Com um mega show.  
                              Fiquem com imagens belíssimas de gente bonita, de gente que faz, a vida e a cultura acontecer.   

  














































Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo