Miniaturas de celulares com capacidade de esconder em pequenos locais foram barrados no presidio de pedrinhas.

No momento, o menor aprelho celular do mundo já fabricado até o agora.
    Não é mais espanto a inovação da tecnologia, sabemos que a capacidade de fabricação de pequenos aparelhos, e com muita eficiência já são desenvolvidos a muito tempo, já é também costumeiro que agentes penitenciários tenham apreendido celulares em partes diversas do corpo humano, como por exemplo, dentro da vagina, no ânus, em pequenos recipientes, mini-bolsas conduzidas por familiares de detentos prisionais, que de forma pretensiosa tentam entrar com os aparelhos no presídio de Pedrinhas, e outros Brasil a fora, no entanto, o que impressionou de fato,  foi  a apreensão nesta quinta-feira, de um minusculo celular de apenas 7,5 cm, o mesmo foi encontrado dentro de uma caixa de vitamina C, que em comparação simbólica, e mais ou menos o tamanho do dedo indicador.
A pequena miniatura de aparelho celular, estava a caminho bem próximo de servir ao crime, pois o mesmo estava embalado, e certamente iria entrar na Unidade Presínal São Luís I, mas graças a uma varredura minuciosa, o aparelho foi retido por agentes penitenciários. A informação veio com a confirmação precisa da juíza Ana Maria Almeida Vieira, titular da 1ª Vara de Execuções Penais.
O celular é do fabricante, de marca GTStar, e no momento, pode ser considerado um dos menores aparelhos fabricados no mundo até o momento, e seu custo é uma pequena quantia de pouco mais de R$ 100,00 (Cem Reais), segundo avaliação de mercado, este tipo de aparelho foram muito utilizados na época, em presídios do Ceará, quando foi a última triste rebelião, que deixou como resultado, a amarga e cruel realidade, a morte de (16) dezesseis detentos, com uma larga estatística para e rede prisional.
Nos acompanhe pelo Facebook

                                                                                           Fonte e imagens: Blog do Luis Cardoso

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo