Zé Doca vivendo um clima de Terror, reescreve uma pagina do velho Faroeste.


    Hoje por volta das 21:30, portanto nesta sexta (07) o jovem conhecido por Ruhan Marques, estava sentado na calçada de sua residência batendo um papo com alguns amigos, jovens que formam um grande rol  de suas amizades, os mesmos estavam distraídos, provavelmente descontraindo-se com brincadeiras que são peculiares de jovens na sua idade, quando de repente foram surpreendidos por dois elementos que desceram de uma moto ainda não identificada, um dos elementos saiu em direção ao grupo de pessoas que aglomeravam-se na calçada juntos com Ruhan, que ali conversavam, e outro ficou no veiculo (moto), sem perceberem e nem imaginarem o que pudesse vir a acontecer, os jovens continuaram a conversar, mais de repente começa se ouvir disparos, o elemento que estava encapuzado, efetuou vários disparos contra Ruhan que mesmo já baleado, conseguiu correr com os amigos a procura de se defenderem, mais o bandido não sessava de atirar, e também correu perseguindo a vitima e efetuando vários disparos com uma pistola tipo ponto quarenta segundo o que relatam alguns curiosos, e pelas capsulas que ficaram no local do crime, segundo informações extra oficiais, foram doze disparos contra Ruhan, e seis deles o atingiram, conforme relato de um dos seus primos, foram dois tiros no peito direito, dois na região da barriga, e dois na região da perna, Ruhan é filho do senhor Ronaldo, Mais conhecido por Ronaldão, que filho do senhor Tomas, empresario bem sucedido na cidade, e que goza de grandes amizades da sociedade, Ruhan foi levado para o Hospital Sesp, e de lá encaminhado para são Luis, mais há quem diga que ele está neste momento no hospital regional em Santa Inés, já no centro cirúrgico para procedimentos de extração das balas que ainda não se sabe onde ficaram alojadas.
    Fica para a sociedade, a sensação de impunidade mais uma vez, haja vista que estes tipos de crimes, vem ficando cada vez mais frequente em nossa cidade, todos com as mesmas características, com as mesmas abordagens, e o tipo de execução é sempre igual, e a pergunta que não quer calar, onde estão os sistemas de segurança?, onde está o ministério público?  são pessoas perdendo vidas para o crime organizado, é o medo que toma conta da sociedade, são nossos direitos de ir e vir que estão sendo negados, (Violados por assassinos) na verdade, uma rica carga tributária que pagamos, e uma segurança que nos deixa cada vez mais vulnerareis as ações dos bandidos, e isto para nossa sociedade, é uma vergonha. 
  


Um comentário

  1. Zé doca está um terror! Roubos, assassinatos e segurança não tem. Um lugar que deveria ser um dos melhores pra se morar, está se transformando em um faroeste.

    ResponderExcluir

Topo