Driblando a Crise, Vereadores em Zé Doca Aprovam, Aumento do próprio salário, do Executivo e Secretários para legislatura de 2017 a 2020.

      Na sessão desta tarde de Sexta-feira (04) na Câmara Municipal de Zé Doca, os vereadores em uma sessão ordinária, voltaram as suas atividades naquela casa legislativa, a sessão que teve início por volta das 16hs, e na tarde de hoje ao abrirem a sessão foi feito a leitura da ata, em seguida uma leitura bíblica, e por fim o presidente da câmara deu como aberto o início dos trabalhos, feito a leitura dos requerimentos, alguns projetos foram colocados para apreciação e votação dos edis.
      Mais o que mais chamou atenção, foi um projeto que entrou para aprovação e que em sua essência, aprova o aumento dos seguintes salários: Prefeito, Vice-prefeito, Secretários, e os próprios salários dos vereadores, para a próxima legislatura, de 2017 a 2020, mesmo indo de contramão a crise que assola o pais, os edis encontraram uma forma de driblarem a crise e deixarem aprovados por 13 votos a favor, e duas ausências.
      Trocando em miúdos, dos 15 vereadores que compõe aquela casa parlamentar, (03) estavam ausentes, e os (12) que estavam presentes, foram unanimes em votarem pela aprovação do projeto.
Confira como ficou os salários para a próxima Legislatura a partir de (2017).
Prefeito: R$= 20.000,00 (Vinte mil reais) 
Vice-Prefeito: R$= 10.000,00 (Dez mil reais
Secretário Municipal: R$= 6.000,00 (Seis mil reais  
Vereador: R$= 11.000,00 (Onze mil reais)
      O projeto foi assim aprovado pelos seguintes Edis presentes:
Juracy Pavão, (Presidente da casa) Antônio Marques de Alcobaça, (primeiro Secretário), Raimunda Lima (segunda Secretária),
Autores da preposição:
Vereadores, Luís do Igarapé Grande, Galego da Vila Nova, Professora Lita, Luciana Ribinha, Edmar Simplício Barbosa, Francisco Aldir Lima Rabelo (kim kim), Junior Solteiro, Francisco Freire de Andrade (Cici), e Antônio Maia.   
Salários Atuais:

Prefeito, R$= 16.000,00, Vice, R$= 8.000,00, Secretários, R$= 3.500,00, Vereadores, R$= 6.000,00 um aumento expressivo, para uma crise tão visível.

Um comentário

  1. Vergonha. Falta de respeito com dinheiro publico e principalmente com o povo

    ResponderExcluir

Topo