O Perigo que vêm das mãos Feminina a base de pistola dourada

Polícia
Já não se sabe mais qual o sexo frágil, as armadilhas podem estar tão perigosas e tão atraentes ao mesmo tempo, que dificilmente a vítima suspeitará de que está sendo levado a uma cama que poderá leva-lo ao sepulcro, e das mão que poderiam acariciar, pode sair um tremendo disparo que o levará a dormir eternamente. 

      Em uma operação estratégica, seguindo modelos de inteligencia, Policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) prenderam em flagrante delito, Jaqueline Miranda Silva, de 25 anos de idade, a mesma foi autuada  por porte ilegal de arma de fogo e ainda de uso restrito, Jaqueline, se identifica como sendo moradora de Imperatriz, mas também com residência em Santa Rita.
      Jaqueline Miranda da Silva, foi presa, e segundo consta nos altos, é que ela é parte integrante de uma facção criminosa, que age em Imperatriz e têm ramificações em São Luís, a mesma foi presa no terminal rodoviário em São Luís  no momento em que faria embarque para a cidade de Imperatriz.
      Jaqueline, portava consigo, uma pistola calibre 9mm, e que é de uso restrito das Forças Armadas. A prisão veio em decorrência das investigações do departamento de combate ao crime organizado por parte da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).
Comparsas, é o próprio marido.
      Com a prisão de Jaqueline, e uma minuciosa investigação por parte do setor de inteligência da polícia Civil, feito em São Luís, por meio de policiais do núcleo da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), em Imperatriz, puderam chegar ao seu comparsa Flávio Barbosa dos Santos, que é o marido da acusada.
      Flávio Barbosa, tem 25 anos de idade, e foi preso na manhã de ontem o mesmo foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz, onde foi autuado por associação criminosa e comercialização clandestina de arma de fogo. Ele já se encontra à disposição da justiça e deverá responder pelos crimes cometidos.

Acompanhe-nos também, pelo WhatsApp e Facebook 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo