Virou moda: Em Araguanã Vereadores aumentam os próprios salários, do prefeito vice, e secretários uma piada de mau gosto

Política
Por Naã Ramos
No pequeno município de  Araguanã, se aprovado o projeto, o prefeito receberá mais de 17 mil reais, o vice mais de R$ 8 mil, os secretários 4 mil reais e os vereadores R$ 5,5 um absurdo, daqui a pouco o orçamento do município só vai ser para pagar salários dos feras, que trabalham uma vez por semana.

      Em tempos de crise outro absurdo vem da pequena cidade de Araguanã, de aproximadamente 14 mil habitantes, localizada na região do Alto Turi, a 247 km de São Luís. A Câmara de Vereadores votaram na ultima quarta-feira (21) o Projeto de Lei que fixa os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores para a legislatura de 2017 a 2020.
      Segundo o teor do projeto (cópia acima ), o salário do prefeito reeleito Valmir Belo Amorim, do PR, saltará de R$ 12.440,00 para R$ 17.600,00. O vencimento do vice-prefeito, José Wilson Silva Brito Filho (PSDB) passará de R$ 6.220,00 para R$        8.800,00. Ainda se aprovado a íntegra da redação do projeto, todos os secretários municipais que hoje recebem R$ 3.000,00 a partir de janeiro embolsarão R$ 4.000,00. E por fim, os 9 (nove) vereadores terão saltos em seus ganhos, dos atuais R$ 5.000,00, para R$ 5.500,00.O curioso é que o prefeito Valmir por onde anda é ‘chorando miséria’, alega que por conta da crise financeira que assola o País, a situação da finança Araguananense é critica. Mas como se vê, o discurso do republicano não condiz com as suas práticas nem condiz com a situação que o pais enfrenta, vez que o gestor quer aumentar o próprio salário e dos demais agentes públicos municipais em mais de 40%, aí a pergunta, se votaram uma PEC que prevê redução de gastos por 20 anos, como explicar aumentos nos poderes?, depois desta tal PEC, todos as esferas politicas e Jurídicas receberam aumento exorbitantes.
O pior é que no final das contas quem paga as conta somos nós, o povo!!! 
Isto é uma, vergonha.

Fonte: Naã Ramos 

Acompanhe-nos também, pelo WhatsApp e Facebook

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo