Escândalo: Segundo levantamentos da CGU, prefeituras do Maranhão desviaram 777 mil da merenda escolar

Política
O desvio de condutas entre os gestores, que se elegem com a responsabilidade de gerenciar  um patrimônio que é publico, para ser distribuído ao povo, tem feito grandes estragos e causado enormes prejuízos aos cofres públicos, e infelizmente esta prática maldita, tem tirado até o direito que já é tão pouco, das crianças terem pelo menos uma merenda, já que a refeição, é apenas uma incerteza.
      Segundo levantamento da CGU, que tem buscado punir gestores infratores, sete prefeituras no desviaram pelo menos R$ 777.050,38 da merenda escolar de alunos do Maranhão.

A triste realidade de informação, consta do relatório apresentado ontem (16) pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU).

No relatório vergonhoso, são apontados no levantamento os municípios de Balsas (2012), Araguanã (2012), Coelho Neto (2014), Maranhãozinho (2015), Presidente Médici (2015), Itaipava do Grajaú (2011), Brejo de Areia (2013).

Conforme dados da própria CGU, as irregularidades vão desde a ausência de documentos comprobatórios referentes à movimentação de recursos na conta do PNAE até a realização de gastos sem adequada comprovação.

A lista completa pode ser vista abaixo.


Acompanhe-nos também, pelo WhatsApp e Facebook breve no Instagram e Twitter. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo