Greve de familiares de PMs começa tomar corpo e se espalhar pelo Brasil

Polícia
Os movimentos grevistas de familiares de PMs, tem tomado corpo e começa a se espalhar pelo país, a falta de segurança e o medo da violência, tem feito pessoas se mobilizarem em greves, as mulheres estão aderindo aos movimentos, estão com medo, afinal mais de 100 pessoas já foram mortas no Espirito santo. 
    O medo e a incerteza fazem as pessoas procurarem soluções, depois do resultado trágico no Espírito Santo, como a morte de mais de 100 pessoas vítimas de bandidos, o movimento grevista nos quartéis da Polícia Militar aos poucos vai se espalhando pelo país.

Nos chega Informações, que as manifestações de mulheres de militares chegaram ao Pará, sendo iniciando pela cidade de Altamira, e em Belém.

O objetivo do movimento seria impedir que os maridos saíssem as ruas, as mesmas estariam fazendo protestos em frente aos quartéis, impedindo a saída dos seus esposos que são  militares, para o combate ao crime nas ruas.

Tivemos noticias que ontem, o mesmo movimento teria chegado ao Rio de Janeiro, mas apenas em 4 dos 100 batalhões familiares dos PMs conseguiram evitar a saída da tropa, não se sabe até onde vai este movimento, o certo é que estão tomando corpo.

Acompanhe-nos também, pelo WhatsApp e Facebook breve no Instagram e Twitter.  

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo