Pezão tem mandato cassado pelo TRE e pode fazer companhia a Cabral e Garotinho na cadeia

Política
A justiça pode até demorar, mas uma hora ela chega, e quem tem problemas a serem julgados, certamente ficará frente a interrogatórios, explicações muitas vezes destorcidas, mas os seus atos serão julgados, e confirmando os erros, poderão pagar com prisões, um passa a limpo ocorrerá.
    Em sessão da corte, o TRE do Rio acaba de cassar o mandato da chapa do governador Luiz Fernando Pezão e do vice Francisco Dornelles por abuso de poder econômico. Por 3 votos a 2, o tribunal considerou os argumentos do Ministério Público Eleitoral. A desembargadora eleitoral Fernanda Tórtima, que anteontem pediu vista do processo, hoje se declarou impedida de julgar o caso.

A ação trata da produção de material irregular de campanha, sem prestação de contas, em 2014. Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro, foram omitidos gastos de mais de R$ 10 milhões na campanha. Além disso, a procuradoria registrou que algumas gráficas que produziram material de campanha receberam isenções quase equivalentes aos valores das doações.

Os magistrados que votaram a favor da cassação tiveram divergências sobre como seria feita a sucessão a partir da decisão: se ocorreria eleição direta ou indireta para o governo do Rio. Em nova votação, também por 3 a 2, venceu a posição por uma eleição direta.

Mesmo com a derrota no TRE, Pezão permanece no cargo e poderá apelar ao TSE.

É amigo, a casa está caindo para muita gente, a sensação de impunidade, pode gerar alguns desconfortos para muitos que se acham o dono da verdade, e esnobam do poder, e do dinheiro. 

Acompanhe-nos também, pelo WhatsApp e Facebook breve no Instagram e Twitter. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo