Facção criminosa tem seus líderes presos, depois de terem fugido uma ação da policia os prederam em um hotel de luxo na Ponta D'areia

Polícia
Quando a casa cai, e o crime é deslanchado, o resultado é que a vida de luxo fica restrito a uma sala de presídios, a operação policial tem sido um fator indispensável para desarticular e mandar para a cadeia, autores de crimes. 
    Em uma operação da Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico – SENARC, foi efetuado na tarde de hoje (24), por volta das 15h, Valdirene Pereira, vulgo “VAL” (34 anos) e Raul Giudicelly Carvalho Silva (28 anos), em um hotel, situado no bairro na Ponta d’areia.

Logo após as prisões, as equipes da SENARC se deslocaram até o bairro da Camboa a fim de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão nas residências apontadas como sendo supostos pontos de vendas de drogas pertencentes a VAL.

Durante o cumprimento das buscas, os policiais apreenderam pacotes de cocaína e munições de armas calibre 38, bem como prenderam Leonardo de Oliveira Sousa, vulgo Léo Gordo (35 anos), em cumprimento ao mandado de prisão preventiva, expedido pela Central de Inquéritos, pelo crime de organização criminosa.

    Nos mandatos, vale ressaltar que, Valdirene Pereira também possuía um mandado de prisão preventiva em seu desfavor, e foi autuada em flagrante na SENARC pelos crimes de tráfico ilícito de drogas, organização criminosa e posse irregular de munição de uso permitido, ao passo que o conduzido Raul Giudicelle Carvalho Silva foi autuado por ter cometido crimes de favorecimento pessoal e organização criminosa, o que resultará em pagar pena por seus atos ilícitos.



Acompanhe-nos também, pelo WhatsApp e Facebook breve no Instagram e Twitter. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo