Festa no Maraca: Fla engrena no 2º tempo e goleia San Lorenzo na estreia da Libertadores

Futebol 
Em uma noite de muitas expectativas, o Flamengo mostra sua força, e sem tomar conhecimento do adversário, envolve um segundo tempo cheio de ritmo, e dentro de casa, no calor da torcida, desfecha uma goleada de 4x0 no San Lorenzo, e balança o Maracanã.
    No reencontro da torcida rubro-negra com o Maracanã, Diego honra camisa 10, marca de falta, dá passe para Trauco e participa de gol de Rômulo. Gabriel fecha o placar com um golaço.

O JOGO
Em uma noite brilhante que marcou a volta do rubro negro as grandes competições,  o Flamengo preparou o palco. A torcida encheu as arquibancadas no reencontro com o Maracanã, com direito a mosaico e maior público do ano no Brasil. E em campo, o time correspondeu à festa ao vencer o San Lorenzo por 4 a 0 na estreia da Libertadores 2017. 
    Apesar de um primeiro tempo com muitas oportunidades apresentadas pelo Rubro-Negro, os gols saíram todos no 2º tempo. Honrando a camisa 10 de Zico, Diego abriu o placar em bela cobrança de falta aos 3 minutos. Aos 16, deu passe para Trauco aumentar, em chute de fora da área. Rômulo ampliou de cabeça aos 25. Os Rubro-Negros não tiveram tempo para lamentar o pênalti perdido por Guerrero aos 40 porque três minutos depois, Gabriel deu números finais ao placar com um golaço no ângulo.
PANORAMA
Com a brilhante vitória, o Flamengo assumiu a liderança isolada do Grupo 4 da Libertadores com 3 pontos. Atlético-PR e Universidad Católica estão empatados na segunda colocação com 1 ponto, e o San Lorenzo aparece em último, zerado. O Rubro-Negro volta a jogar pela competição internacional na próxima quarta-feira (15/03) contra o Universidad Católica, no Chile.
PÚBLICO E RENDA
Presente: 69.089
Pagante: 54.052
Renda: R$ 3.688.482,50

    A torcida do Flamengo compareceu em peso ao Maracanã, 69.089 presentes, maior público do ano, e preparou um mosaico para celebrar a estreia do time na Libertadores. Assim que o time rubro-negro entrou em campo, os torcedores formaram, com quase 70 mil peças a frase "Isso aqui é Flamengo". O mosaico também trazia escrito "1981", ano dos títulos da Libertadores e do Mundial, e "2017", em um estímulo para a campanha desta temporada. Algumas peças voaram com o vento antes do jogo, mas não atrapalharam o desenho final.

CAMISA 10 DA GÁVEA
A camisa 10 caiu bem em Diego. Após um 1º tempo discreto, o meia, que disputa as demais competições com a 35, honrou o maior jogador da história do Flamengo e fez a diferença na noite desta quarta-feira. Sob olhares de Zico, Diego abriu o placar em cobrança de falta com categoria, deu passe para Trauco marcar o segundo e ainda bateu o escanteio que resultou no terceiro gol, de Rômulo. E um final de partida com uma vitória maiúscula para o time da Gávea, e um bom início de campeonato.   
Veja vídeo do jogo.
Acompanhe-nos também, pelo WhatsApp e Facebook breve no Instagram e Twitter.    

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo