Crime: Em uma discussão no povoado Ebenezia, acabou na morte de Zaqueu Léo

Polícia
A impunidade, é sempre um fator que acaba por gerar alto confiança, o elemento pratica certos tipos de condutas, assassinatos, estupros, roubos e vai passando em pune, o que acaba por fazer se sentir o dono da situação, mas como diz o ditado o cachimbo põe a boca torta, e a casa acaba caindo. 

    Quando alguém acha que está tudo normal, e as coisa tende a ter paz, fatos lamentáveis acontecem, muitas vezes motivados por antigas desavenças, e que pode levar, a assassinatos. Um fato mais ou menos com estas características ocorreu na noite desta quinta-feira, 27, no povoado Ebenezia, zona rural de Zé Doca. A vítima que não era peça boa e que gerasse muita confiança, acabou se envolvendo em um desentendimento, o mesmo era conhecido apenas por Zaqueu Léo, e tinha aproximadamente 27 anos de idade, e ontem, morreu após uma perfuração de facão abaixo do peito depois uma briga.


Informações que nos chega através de grupos de WhatsApp por moradores da localidade, dão conta de que a vítima já era reincidente, e segundo o que foi colhido, ele já teria assassinado a algum tempo o seu desafeto conhecido por Izais, após o crime, Zaqueu fugiu e foi embora de Zé Doca, talvez para fugir do flagrante, e da reação da família.

Logo depois de algum tempo, Zaqueu voltou, e segundo moradores, ele vinha aterrorizando os moradores do povoado e gerando intrigas com ameaças e badernas, isso é chamado de calor da impunidade, confiante de que estariam amedrontados, a vítima continuou fazendo ameaças, e prometendo matar pessoas que atravessassem seu caminho, até que em certo momento tentou agredir um cidadão dizendo que ia mata-lo, e mesmo responde, vou te matar antes, e como resposta desferiu um golpe abaixo do peito com uma arma branca, o que resultou na morte de Zaqueu Léu.

Nos acompanhe e fiquem informados.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo