Desarticulado pela policia, grupo que expulsou famílias de comunidade as margens da BR 135

Polícia
Está cada vez mais difícil e perigoso conviver com a marginalidade, as famílias perdendo o sossego com grupos de pessoas que plantam o terrorismo, mesmo no campo a situação é complicada, onde bandidos ditam as regras, e fazem desordem.
      A difícil convivência entre famílias e a criminalidade tem feito pessoas viverem em total insegurança, seja na cidade ou no campo, a sensação de medo vive junto, prova disso é que uma operação policial envolvendo vários policiais civis e militares prendeu, pelo menos, seis pessoas envolvidas com crimes na Vila Funil, as margens da BR-135, em São Luís. O objetivo é desarticular uma organização criminosa que chegou a expulsar 16 famílias da comunidade.

Foi um trabalho de desarticulação, para tentar por ordem, e trazer tranquilidade para as famílias que vivem em total insegurança, e entre os presos, nesta manhã, está o líder do grupo identificado como Marcos Antônio Rodrigues Corrêa, conhecido também como Marquinhos Satã, onde o nome já o identifica, e tem muito a ver com seus atos.

Um trabalho que requer um serviço de inteligência, e uma operação policial que esteja comprometida, este foi a maneira que os policiais usaram para desarticular em São Luís o grupo que expulsou as famílias de comunidade.

Em conversa com o comando da operação a este site, ele nos falara, já Conseguimos prender o líder da facção criminosa que atuava aqui na região. As procedências e que agora, todos vão ser conduzidos ao 15° DP, no bairro São Raimundo. Já são reincidentes ano passado tivemos informação que eles assassinaram um líder comunitário da região e os autores foram presos e desde então mapeamos essa organização criminosa que atuava na região – disse o Superintendente de Polícia Civil da Capital (SPCC), Armando Pacheco.

Nos acompanhe e fiquem informados

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo