Preso na Baixada, Maranhense que comandava o jogo mortal Baleia Azul

Polícia
O comando do Jogo mortal Baleia Azul, tem como mentores pessoas que leva aos que aceitam participarem, desafios macabros, que se forem seguidos, podem levar jovens vulneráveis a cometerem suicídio, e um destes comandantes foi preso pela polícia.

      Após ser descoberto o tal jogo conhecido como Baleia Azul, onde muitos jovens cometeram suicídio, Mais um jovem foi preso no Brasil por participar como moderador do jogo Baleia Azul, que já resultou em ferimentos, mutilações e vários suicídios em nosso país. Jardson Amorim, 20 anos, comandava o jogo de sua cidade no Maranhão, Bequimão, e já foi transferido para uma prisão em Belém. 

Trabalhos investigativos já vinham sendo feito, até se chegar aos moderadores do jogo mortal, ao ser preso, ele confessou que é moderador do jogo assassino, depois de uma varredura que a polícia fez em seu computador e aparelho celular pode chegar a uma conclusão de que seria ele um dos moderadores.

A investigação continuará, e a polícia espera encontrar mais elementos que possam comprovar que o maranhense tenha ativa participação na indução de suicídios. Aqui mesmo no estado, na cidade de Monção, a jovem de 15 anos, Thalia Meireles ,se suicidou depois que aceitou os desafios do jogo.

Mesmo que tratando-se de um jogo altamente perigoso, mas, no Brasil os casos de suicídios chegam a oito, e todos envolve jovens e suas vulnerabilidades, o desafio faz os jovens aprofundar-se nos desafios até chegarem ao ato final, o suicídio. O criador do jogo, o jovem russo Philipp Budeikin, foi preso no mês passado. Ele é acusado de incitar 16 suicídios.

Acompanhe-nos e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo