Autoritarismo e perseguições: Prefeito André Dourado tem primeira grande manifestação contra o seu governo

Educação
A saga continua, e diate de tantas barbáries que fere a constituição, o prefeito de Carutapera André Dourado, segue perseguindo profissionais da educação, mas por um ato tão absurdo e inconstitucional, tem da população a maior manifestação, e a maior rejeição da história. 
      O caso de Carutapera, tem sido um exemplo de união e força de uma classe, que não tem baixado a cabeça e nem se rendido as perseguições e incoerência de um governo ditador  e despreparado, que busca governar tirando direitos adquiridos, mostrando força e coragem, na tarde desta sexta-feira, 18/08, Carutapera teve a primeira grande manifestação contra o governo (ou desgoverno) do prefeito André Dourado. Professores da Rede Municipal de Ensino, organizaram o ato para demonstrar a insatisfação da categoria frente às injustiças cometidas pela Prefeitura com a classe.

      Como já bastante divulgado e massificado pela classe, a Prefeitura se nega aceitar a proposta dos professores que transforma 60% dos recursos do FUNDEB, que o Município receber a mais que a previsão já estabelecida para este ano, em abono salarial para a categoria, e também diz que não tem condições de dar reajuste salarial. E para agravar a situação, em Audiência no Ministério Público, foi anunciado por representantes da Prefeitura, que quinquênios e outras gratificações  por titulação estão suspensas e que dependem a partir de agora, de aprovação orçamentária na Câmara Municipal um fato que vem sendo adotado em todas as prefeituras onde o PR tem recebido ordem de um comandante ditador. 
      Tudo isso acontece com a argumentação de que os recursos do FUNDEB do município de Carutapera diminuíram. Porém, o Sindicato que representa os professores SINTEP/CARU, contesta essa argumentação, e já conseguiu comprovar para todos os órgãos que já se envolveram nas discussões, que o município não teve nenhuma queda de recursos, observando a previsão anual do FUNDEB.

Em razão da falta de diálogo é que a manifestação foi organizada pelo Sindicato, que além de fazer a grande manifestação nesta sexta-feira (18), fez também um trabalho social, quando percebeu que a população que não tem oportunidade de emprego e renda atravessa muitas dificuldades. 

Então, o Sindicato durante a manifestação, fez o sorteio de várias cestas de alimentos para que pudesse garantir o mínimo de dignidade para várias famílias, por alguns dias. Durante a manifestação, não faltaram discursos contra a péssima administração do prefeito André Dourado, principalmente sobre a área de educação e de infra-estrutura da cidade, onde grande parte das obras estão sem qualquer conservação e praticamente abandonadas. Lembrando que o município tem usado de muitas artimanhas para boicotar o movimento grevista da categoria, onde já informou através de seus representantes que os alunos beneficiários do programa Bolsa Família não devem faltar aula, mesmo com a greve em curso, sob pena de sofrerem cortes em seus benefícios, pois uma das condicionalidades do programa é a frequência escolar, mas na verdade isto é uma forma de opressão humilhante que foi implantada pelo governo do PR que tem em sua liderança a mão de ditadores.

      Mesmo diante das humilhações e retaliações por parte do prefeito e seu líder, mas, o apoio aos professores que estão em greve por parte da sociedade é muito grande e tende a aumentar em razão do anúncio de suspensão de direitos dos professores em 2017.

Diante de tamanho desmandos e perseguições que fazem deste governo o mais corrupto e descompromissado, o Vereador Lauro M. Silva (PEN) de Carutapera-MA que foi eleito na coligação do prefeito, tem pensamento contrário a este governo, mesmo sendo aliado na época não aceitou os desmandos de um governo autoritário e perseguidor, e hoje não faz mais parte da bancada aliada, desde o início manteve um postura séria e independente, mostrando que política tem que ser feita com seriedade.

O administração de André Dourado vem adotando um modelo de perseguição, aos funcionários, qualquer funcionário que reclama ou posta algo nos grupos de WhatsApp ou Facebook contra o governo, é perseguido, o governo tem sempre a disposição nas redes sociais um "printeiro" puxa saco de plantão, para levar fofocas e intrigas para ser alvo de perseguição imposta pelo prefeito,

Veja vídeo do Vereador saindo da base.

Vídeo da manifestação Passeata:
Acompanhe-nos e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo