Fugindo dos compromissos: Prefeito de Carutapera André Dourado ficou trancado temendo manifestação dos professores

Educação/Política
O que podemos esperar de um governante que não têm compromisso, que não faz dialogo, e que foge dos compromissos como a diabo foge da cruz? esta é a situação triste que vive Carutapera-MA.
A esperança:
      Depois de várias tentativas de uma abertura de dialogo da classe dos professores com a gestão Municipal de Carutapera, Terminou sem acordo a Audiência de Conciliação entre o Sindicato que representa os Professores de Carutapera-MA, SINTEP/CARU e Representantes da Prefeitura Municipal, que ocorreu no Prédio do Ministério Público, com a intermediação do Promotor de Justiça da Comarca da cidade.

Tudo poderia ter um final feliz, mas, a intransigência de representantes da Prefeitura em aceitar a proposta dos professores que transforma 60% dos recursos do FUNDEB, que o Município receber a mais que a previsão já estabelecida para este ano, em abono salarial para a categoria, partindo principalmente do Prefeito André Dourado, contribuiu para que um acordo não fosse fechado. 

Tentando chegar a uma forma que fosse viável, o Sindicato apresentou outras alternativas para a solução do impasse, mas, o Prefeito André Dourado negou qualquer acordo, alegando indisponibilidade financeira, onde foi duramente contestado pelos representantes do Sindicato, que apresentou dados para fundamentar as contestações.

Tentativa frustrada:

Foi mais uma tentativa frustrada da classe, e com o fim da Audiência, que demorou mais de 4 horas, todos se retiraram após a assinatura da ata que consta os termos da discussão. Porém, no momento, já havia um grande número de professores que se encontravam em frente ao prédio do Ministério Público e aguardavam o resultado da audiência. E foi nesse momento que os professores demonstraram total insatisfação com a situação. Manifestaram-se recebendo com muitos aplausos os Membros do Comando de Greve, e em silêncio e virados de costas, receberam os representantes da Prefeitura que deixavam o prédio da Promotoria.

A covardia e medo de retaliação do gestor:
Vendo e sentindo a revolta não só da classe como da população, o então prefeito André Dourado, temendo sofrer qualquer manifestação de repúdio dos professores, não acompanhou a equipe da Prefeitura. Quando se dirigiu a porta de saída do prédio do Ministério Público e percebeu a presença de um grande número de professores, ficou trancado no Prédio até que os professores deixassem o local. Foi um momento constrangedor e humilhante para um prefeito que há pouco tempo, quando candidato, sempre era recebido com muita admiração pelo povo, especialmente professores, que lhe deram grande votação na última eleição.

Com Força e coragem, a Luta continua:

O apoio e a adesão dos professores a greve é muito grande e tende a aumentar devido o anúncio de possível corte de direitos dos professores em 2017. Segundo o Comando de Greve, é cada vez maior as críticas a atual administração de Carutapera. Críticas que surgem de todos os setores da população carutaperense, que não poupa adjetivos negativos e descredito ao governo do prefeito André Dourado.

Acompanhe-nos e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo