Carutapera: Professores protestam durante o desfile da Independência

Educação/política
Houve tempos em que comemorar a independência do Brasil, foi realmente exercer um ato cívico de cidadania, e muito agradável aos olhos dos educadores, mas desde a desvalorização, e opressão contra os professores, tornou-se um ato de manifestações e protestos.  
      Com o descaso na educação, vista com maus olhos pelos governantes, o Sete de Setembro, passou a ser um mais um ato de protestos e manifestações em quase todo país, exemplo disso é a classe de educadores de Carutapera que, Vestindo camisas pretas, professores protestaram durante o desfile da Independência realizado na tarde de 07 de setembro, onde reuniu as escolas de ensino fundamental do município. O protesto é em razão da intransigência da Prefeitura para atender as reivindicações da categoria quanto a questão salarial.

A manifestação dos professores demonstra a enorme insatisfação e descontentamento, pela qual está
passando a classe dos profissionais da educação no município. Pois, os últimos acontecimentos na cidade tem provocado uma intensa crise entre a Prefeitura e o Sindicato que representa a categoria, SINTEP/CARU. Os professores tem demonstrado união e força para lutar pelos seus direitos. E hoje, mais uma vez deram uma demonstração dessa união e atitude em busca da valorização profissional.

O desconto das faltas dos professores do período da greve da categoria realizada em agosto, causou ainda mais indignação da classe com a atual gestão. Isto porque, ficou claro o perfil arrogante e prepotente do gestor municipal, já que a decisão da justiça deixou para analisar a questão das faltas só quando ocorrer o julgamento do mérito da greve, e mesmo assim, a prefeitura se antecipou e descontou os dias parados nos salários dos professores do mês de agosto. 


É a primeira vez que um protesto como esse acontece na história de Carutapera. O prefeito municipal André Dourado não compareceu no desfile, justificando problemas de saúde. Os professores dizem que ainda não houve no município momentos como esse. Mas, reafirmam que continuarão na luta, até que alguma solução seja encontrada para que suas reivindicações sejam atendidas.


Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo