Flávio Dino quer atribuir à Roseana o descaso sobre o problema do Gaiolão da tortura que culminou na morte do empresário em Barra do Corda-MA

Polícia 
O caso da morte do empresário em Barra do Corda, que foi de maneira desumana jogada em uma prisão a céu aberto, chamada de Gaiolão tem causado inúmeros protestos, e aberto vários questionamentos da falta de comando na polícia do Maranhão. 
      Um fato que tem repercutido muito na mídia nos últimos dias, foi a morte do empresário que foi preso e morto, depois de ficar exposto ao sol em uma temperatura que chega a 40 Graus, e que sofrendo um pique de pressão veio a óbito, causando grande revolta a população de Codó Maranhão.

Diante do fato desumano, o Governo Flávio Dino  (PCdoB) deu uma “explicação” nada ortodoxa e nem tão pouco convincente para a descoberta de um “gaiolão da tortura” existente na Delegacia de Barra do Corda”, e que foi usada para torturar até a morte, o empresário da cidade, que diga-se de passagem, nada ortodoxa mas já esperada.

Questionado sobre o caso pela reportagem do Bom Dia Brasil, o Governo do Maranhão disse que a situação “vem da gestão anterior”, ora veja só, e em 1.000 dias de governo, será que este problema não deu para ser solucionado?. é muita falácia, e nada de ações, tanto que a polícia esta sem comando.

Mais em resumo, é uma desculpa muita da esfarrapada, haja vista a situação degradante da segurança publica no Maranhão, ou seja: para os comunistas, que já estão há quase três anos no poder, a culpa é a da ex-governadora Roseana Sarney  (PMDB) nos poupe desta conversa sordita, é muito fácil jogar a culpa nos outros.

Em síntese, a coisa é muita mais complexa e de uma falta de sensibilidade sem tamanho por parte do Governo do Estado, pois a Defensoria Pública do Estado (DPE) alertou ao Executivo para a situação em Fevereiro deste ano, ou seja falta de aviso, não foi.

Veja abaixo Video do Deputado Federal Hildo Rocha falando sobre o caso, e as manifestações da comunidade, repudiando pelo ato covarde e omissão do estado na morte do comerciante.




Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo