Quatro pessoas são assassinadas no primeiro dia de Outubro, na Região metropolitana em São Luís

Polícia
Por L. Cardoso
      A violência é um caso preocupante no Brasil, e no Maranhão não tem sido diferente, e para aumentar ainda mais as alarmantes estatísticas, os assassinatos não tem parado, e o mês de Outubro começou altamente violento na Grande Ilha de São Luís, com o registro de quatro pessoas mortas a tiros, sendo todos jovens, além de quatro tentativas não concretizadas. 

Foram diversas ações de violência espalhadas por vários lugares, e ontem, o quadro estatístico fechou por volta das 14h, quando um assaltante agia armado dentro de um ônibus, no bairro do Filipinho,  um caso que já foi divulgado aqui, trata-se de um elemento que já estava de posse de pertences dos passageiros. Quando um sargento que estava dentro do coletivo baleou o bandido que ainda conseguiu acertar o militar com um disparo no queixo.

Os alarmante índice de assassinatos se espalhou, e nas ações, morreram na madrugada de domingo os jovens Leandro Nascimento Veras, Júlio Caio Pereira Lopes, baleados no bairro da Divineia. 

Com os inúmeros crimes cometidos, a polícia ainda investiga as razões das mortes. Outro caso foi o da jovem Nathália Costa Oliveira, que foi baleada no residencial José Reinaldo Tavares, na cidade de São José de Ribamar, Conforme informações, os assassinos chegaram em uma moto, e efetuando os disparos.

Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo