Bigamia legalizada: Justiça brasileira autoriza casamento de homem com duas mulheres

Família
Por De olho News
Se a moda pega, como será a situação de muitos boêmios? alguns não sustentam uma só mulher imagine duas, a coisa pode não deixar de ser  boa, mas que é um problema isso pode ter certeza, a menos que o cara seja realmente o cara.
      Já foi o tempo que duas mulheres era um problema de bigamia na verdade casar com duas mulheres ´hoje, é uma coisa legalizada, e nada de irregular na situação, isto é o que diz  a justiça brasileira que autoriza casamento…  Você provavelmente deve ter ouvido falar no funcionário público, Leandro Joannattan da Silva Sampaio, de 33 anos, e também da dona de casa, Thais Souza de Oliveira, de 21, e a estudante de técnica em enfermagem, Yasmin Nepomuceno da Cruz, também de 21 anos.
A justiça brasileira autoriza casamentoTudo bem, calma porque se você não ouviu falar, tranquilize-se que vamos explicar, passo a passo, na verdade o que narraremos a seguir, é o seguinte fato, eles são casados oficialmente, isso mesmo que você está lendo casados.
Pode parecer uma piada, uma brincadeira, mas não, não é, o caso ocorreu no Rio de Janeiro, no começo deste mês, e se marcou como o primeiro casamento poliafetivo permitido judicialmente no Estado carioca.
Segundo informações do jornal O Globo, os três hoje moram em uma casa de um só quarto, mas pretendem aumentar a família: Yasmin quer ter um filho e pretende colocar todos os sobrenome na certidão de nascimento da criança, vamos ver no que vai dar esse triângulo amoroso.
Traremos outro caso semelhante, Aguardem
Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo