Triste Lembrança: Antes de ser assassinada, Allana Ludmila fez uma linda homenagem no dia das mães

Saudades/Luto
A pessoa nunca morre em nossas lembrança, mesmo sabendo que nos separaremos da matéria, mas, o sentimento de amor, e as lembranças, estas nunca se apagarão de nossa mentes, e dos nossos corações. 
      Apesar de muitas informações distorcidas, e falsas acusações contra pessoas da família, mas, uma coisa a gente sabia. Na verdade “o que a gente já descartou foi a participação da mãe. Diante dos fatos, o que se têm de concreto, e que ela não teve participação alguma nesse crime. É uma certeza que pode ser dita sem nenhuma chance de erro, ”,declarou a delegada Viviane Azambuja, que coordena o departamento de Feminicídio da SSP-MA. Os próprios vizinhos nunca duvidaram do amor entre mãe e filha.

Dentre muitas cumplicidades entre mãe e filha, são as relações de amizade e brincadeiras entre as duas, e que ficou como recordação, uma homenagem feita pela vítima, no mês de maio de 2017, a menor Alanna Ludmilla Borges, participou de uma coreografia em homenagem ao Dia das Mães, o ato se deu na escola onde ela estudava, a escola Marly Sarney. Na homenagem, encenaram uma apresentação era aquela, sua última participação na peça, um fato para ficar na memória. E lá estava ela, Allana Ludmila, que espalhava simpatia e uma inocente beleza de criança, No meio da apresentação, com o coração cheio de felicidades, dona Jaciane Borges, explodindo de orgulho e sentindo-se muito feliz e com o coração cheio de emoção gritou: “meu amor, a mãe ama!”. Um eco que vibrará por toda eternidade.

O vídeo que o leitor verá abaixo foi autorizado por membros da família:
Fonte: Blog do Luís Cardoso
Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo