Idoso de 67 Anos comete suicídio sem causas aparentes no povoado do município de Zé Doca

Suicídio
Sem um motivo aparente, um idos de 67 anos de idade chega ao suicídio em um povoado no interior do município de Zé Doca.
      Mais um caso que envolve a execução da própria vida, foi registrado na manhã desta terça-feira (19), no povoado Igarapé Grande que fica a mais ou menos 40 km da sede, onde foi noticiado de uma morte por enforcamento do senhor Antônio de Jesus de 67 anos de idade, que sem causas aparentes acabou ceifando a própria vida.

Mesmo que o ocorrido não tenha tido uma grande repercussão como os demais, mas merece que seja visto com muita atenção por todos, e que seja tratado como uma necessidade de se criar mecanismos que venham culminar com ações que possa coibir com esse tipo de atitude, que tem uma alta crescente principalmente na cidade de Zé Doca que tornou-se campeã nas estatísticas deste tipo de mortes neste ano ficando atrás somente de Santa Inês conformes dados levantados. 

O blog já tinha alertado para pessoas que mostram comportamentos suspeitos, tipo isolamentos, falta de humor, tristeza aparente, entre outros comportamentos de falta de aproximação com as pessoas, pois estes sintomas são registrados, e os casos de ocorrência em sua grande maioria, são após processos que resultam em depressão. 

O caso do senhor Antônio de Jesus, que ocorreu na manhã nesta terça-feira, pegou todos os moradores do povoado Igarapé Grande de surpresa, poisa notícia de que o idoso teria tirado a própria vida se utilizado de uma corda para o ato de enforcamento, foi relatado como um ato impensado. 

Mais uma vez a redação deste Blog deixa uma alerta principalmente aos familiares que tem pessoas com comportamentos depressivos, que fiquem vigilantes, aos amigos que convivem, com pessoas e observam comportamentos estranhos, que possam observar melhor os detalhes, pois estes são gestos que podem salvar uma vida, mesmo a de alguém que sequer imaginamos que precisa de ajuda.

Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo. 

Um comentário

  1. Procura pelo menos as informações direito para poder saber de quem você está falando.Escreva pelo menos o nome direite, se não sabe o nome completo, escreva só o primeiro, não fica inventando ou pegando informações de quem você não sabe se está correto.

    ResponderExcluir

Topo