Quem desdenha quer comprar: Flávio Dino, o verdadeiro coronel mão de ferro

Política
Têm pessoas que quer apontar os defeitos dos outros, mais na realidade está com o dedo sujo, ai não dá para entender nada. 
      O episódio da não nomeação de Pedro Fernandes, mexeu com o ego do governador Flávio Dino (PCdoB) que sentia como se já estivesse mandando no Ministério do Trabalho, – e como sempre faz, histriônico e ironicamente saiu a estrebuchar contra o recuo do presidente Michel Temer (MDB) na nomeação do deputado federal Pedro Fernandes (PTB) para o Ministério do Trabalho.

Não sei qual a razão, mais o que se percebe, é que todo ato que não dar certo para ele, tenta atribuir a Sarney, ou alguém de sua família, é muita paixão, e como sempre, mais uma vez tentou culpar o ex-presidente José Sarney pelo veto a Pedro Fernandes.

Acontece que a história não bem o modelo pregado, têm muito mais caroço neste angú, e para início de conversa, veto de Fernandes, foi ele mesmo quem os fez, uma ação dele próprio, pois logo após a nomeação, fez questão de ir ao Palácio dos Leões fazer foto ao lado de Flávio Dino, que vê o governo Temer como golpista.

Para quem ver nos outros coronelismo nos outros, Poderia ser natural a jogada política do comunista, não fosse, ele sim, um verdadeiro perseguidor de políticos. O governador tem usado o poder para controlar do Palácio dos Leões, as gestões dos prefeitos Edivaldo Júnior (PDT), em São Luís, Luiz Fernando Silva (PSDB), em Ribamar, Domingos Dutra (PCdoB), em Paço do Lumiar, e Talita Laci (PCdoB), em Raposa.

No famoso bateu levou, foi Dino, por exemplo, quem derrubou a médica Helena Duailibe da Secretaria Municipal de Saúde – pelo simples fato de ela buscar uma parceria com aliados do ex-secretário Ricardo Murad.

São inúmeras as práticas de um coronel, É Dino quem controla a comunicação da gestão Edivaldo, para onde só vai gente absolutamente alinhada ao projeto de poder do PCdoB.

Vendo de um ângulo mais amplo, essa particularidade na comunicação do prefeito já levou, inclusive, a diversas reclamações do deputado Edivaldo Holanda (PTC). O pai do prefeito reclama que a cobertura da gestão do filho tem viés literal para favorecer apenas o comunista que ora ocupa o Palácio dos Leões.

Não adianta querer se fazer de santo, e apontar os outros com as mãos mais que sujas, pois de vetos, perseguições, autoritarismo, Flávio Dino entende perfeitamente.

Talvez até por isso tenha reclamado tanto do caso Fernandes, pois esta apenas passando o filme no qual ele é o autor principal…

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão


Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo