Sarney nega veto a indicação de Pedro Fernandes ao Ministério do Trabalho

Política 
      Muitas articulações em volta do caso da indicação de Pedro Fernandes ao Ministério do Trabalho e o disse que me disse que tinha veto de Sarney, mas, o ex-presidente da República, José Sarney (PMDB), negou que tenha vetado o nome do deputado federal maranhense Pedro Fernandes (PTB), para assumir o comando do Ministério do Trabalho como já estava cogitado.
Saiu um pré-anúncio na semana passada, que o PTB informava que já havia indicado o nome de Pedro Fernandes para o ministério, que é da cota da legenda no Governo Michel Temer, e todos esperavam a nomeação para os próximos dias.
Nesta terça-feira (02), o presidente Michel Temer pediu ao PTB que indicasse outro nome. Pedro Fernandes atribuiu essa decisão a um veto de José Sarney pelo posicionamento do PTB no Maranhão, que apoia a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB). Entretanto, José Sarney, em entrevista ao blog do jornalista Gerson Camarotti (veja aqui), disse que nem foi consultado e muito menos vetou o nome de Pedro Fernandes para o Ministério do Trabalho. Sarney ainda lembrou que não vetou nem o nome de Flávio Dino, quando assumiu a EMBRATUR.
“Não fui consultado e não vetei. Ele [Pedro Fernandes] quer arrumar uma desculpa. Colocar a responsabilidade sobre as minhas costas. Se, no passado, não vetei Flávio Dino para a Embratur, não faria isso para alguém que foi nosso amigo”, afirmou categoricamente.
Fonte: Jorge Aragão
Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo