Vigilante é agredido com a própria arma depois de bandido ter sua arma tomada no Socorrão em São Luís

Agressões
Por L. Cardoso
A ação dos bandidos está tão complicada que as pessoas estão sendo vitimadas com sua própria arma, e dentro do setor de trabalho.
      A coisa está cada vez mais difícil, e a segurança já não consegue conter os índices alarmantes de agressões. Um homem de nome Fábio Pires de Oliveira, 38 anos, esteve roubando nesta madrugada de quinta-feira 915), no Mercado Central, no centro da capital, quando foi percebido pelo vigilante João Batista, 43 anos. Ele subiu correndo a Rua das Cajazeiras e foi perseguindo. O bandido invadiu o Socorrão I, o hospital Djalma Marques, mas foi alcançado.

NA perseguição ocorre que o  vigilante, carregava uma faca peixeira, se atracou com o marginal. Ele conseguiu tomar a arma do vigilante e desferiu uma golpe na altura do peito. O vigia foi internado e submetido a uma cirurgia.
O bandido foi preso por policiais. Ele tem diversas passagens em delegacias por roubos. E já foi conduzido para o Centro de Triagem em Pedrinhas, mas a insegurança continua.  

Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo