Marcas da agressão: Deputado Cabo Campos está proibido de frequentar sua residência, e poderá perder o mandato após agressão a sua esposa

Polícia/Justiça
Por Gilberto Lima
      Após o triste episódio arquitetado pelo Deputado Cabo Campos, uma grande repercussão negativa espalhou-se pelo Maranhão, diante desta triste realidade, O deputado Cabo Campos está impedido de frequentar a residência e local de trabalho de sua esposa, Maria José Brandão Marques Campos, agredida com pancada na cabeça no último dia 4 de fevereiro, a decisão tem um período inicial de 60 dias. A decisão é do desembargador José Luiz Oliveira de Almeida.

As consequências do ato violento, Consta da decisão contra o parlamentar, o afastamento do lar, domicílio ou local de convivência com a esposa; proibição de aproximação cujo limite mínimo é de 200 metros; proibição de manter contato com ela por qualquer meio de comunicação. Se houver descumprimento, pode ser decretada prisão preventiva. 

Conforme boletim de ocorrência, registrado no dia da agressão, a esposa do deputado relata que estava deitada, com fone de ouvido, quando foi surpreendida com pancadas na cabeça e no rosto. Ela teve lesão nos lábios inferiores e ficou com dores na região da cabeça. Além disso, houve agressões verbais, tipo piranha, cachorra e vagabunda. A agressão ocorreu na frente de dois filhos menores.

Casada há 26 anos com o deputado, Maria José Campos, diz que teme pela sua integridade física, em razão de ameaças e pelo fato de o mesmo possuir porte de arma de fogo. 

O caso da agressão a esposa por parte do Deputado Cabo Campos, tem sido um fator de indicação para que seu mandato seja interrompido, pois existe rumores que a perda do seu mandato seja irreversível. 

Confira a íntegra do Boletim de Ocorrência e trechos da decisão do desembargador José Luiz de Almeida.




Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo