Bizarro, ou real?: Mulher ataca funcionário da Cemar a pauladas para impedir corte de luz

Luz/Corte
Imagem ilustrativa      Pode ser legal, mais na maioria das vezes é imoral, e as empresas de prestação de serviços abusam das pessoas, muitas vezes tentando desmoralizar o consumidor, passam por cima das leis, pois nada justifica atos tão desumanos, como o que verão a seguir. Um caso não muito comum foi registrado no Instituto Médico Legal (IML), na tarde do dia 13.
Um funcionário da CEMAR (Companhia Energética do Maranhão) solicitou exame de corpo de delito após ser agredido por uma mulher, em São Luís.
Segundo informações, o homem da Cemar estava tentando desligar a luz da residência da mulher, quando foi surpreendido.
A dona da casa, localizada no bairro da Cidade Olímpica, atacou o profissional com um pedaço de madeira. O funcionário da CEMAR foi embora do local sem conseguir realizar o corte da luz. 
Além de ir ao IML, o homem também registrou a agressão a pauladas na polícia, o caso pode está errado por parte do consumidor, mas, acredita-se que existe outras formas de cobranças sem a suspensão do serviço que é tão necessário.
Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo