Abuso: Criança de 13 anos foi abusada em quarto construída pela própria mãe que é conivente

Abuso/estupro 
Abuso Sexual
      Não se sabe mais em quem confiar, aqueles que tem a missão de proteger, são transformados em verdadeiros monstros, e coniventes com ações absurdas e atos diabólicos, o fato a seguir narra um caso de verdadeira monstruosidade. Uma mulher, de 33 anos, foi presa na última quinta-feira (28) suspeita de permitir que seu companheiro abusasse da própria filha, de 13 anos. Ela teria construído um quarto destinado aos estupros. O homem, por sua vez, negou os abusos e disse aos agentes que estava apenas "namorando" a enteada desde que ela tinha 12 anos. O caso ocorreu em Tocantinópolis, no norte do Tocantins.

Uma mulher que se diz mãe, tem cumplicidade com um caso de abuso com a própria filha. O caso começou a ser investigado em maio, mas só foi divulgado neste domingo (1º). O homem foi denunciado não só pelo estupro, como também por porte ilegal de arma. Ainda em maio, a polícia fez uma busca na residência deles e encontrou a arma. O casal, que vive em união estável há 9 anos, confessou que os abusos ocorriam há mais de um ano.

Em depoimento, a desvenerada contou de sua participação no caso criminoso. A mãe revelou aos policiais que tinha pleno conhecimento do relacionamento da filha e do companheiro. Ela disse que torcia para que os dois se casassem e tivessem filhos. Afirmou ainda que o quatro foi construído para que eles pudessem "namorar de forma mais tranquila". 

Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo