Caso macabro: Homem que torturou esposa em São Roque sonhou que ela o traía, diz B.O.

Insegurança
Uma mulher Vítima de uma insegurança do conjugue foi torturada com pimenta nas partes íntimas, obrigada a ficar nua e agredida com uma mangueira. O Marido foi encaminhado para o CDP de Capela do Alto.
      O medo da traição, faz um homem ter visões macabras e sonho descontrolados. Um rapaz, de 26 anos, foi preso por torturar a esposa e mantê-la em cárcere privado, em São Roque (SP), o mesmo teria sonhado que a mulher o estava traindo com outro homem, conforme o depoimento da vítima no boletim de ocorrência.

Ainda de acordo com o registro, esta seria a motivação para o homem ter espancado a mulher, de 23 anos. A vítima também foi torturada com pimenta nas partes íntimas, obrigada a ficar nua e agredida com uma mangueira.

O absurdo se fez mais cruel, e durante o período de cárcere, o suspeito saía da casa com as duas filhas do casal para que os vizinhos não suspeitassem de nada.

O rapaz teria mandado a vítima escrever em papéis o que faria com ela, como passar pimenta nas partes íntimas dela e “levar mangueiradas”, enquanto a jovem estava amarrada a uma cadeira com uma abraçadeira de nylon.

A vítima também declarou que o marido jogou água gelada na cabeça dela e sal por todo seu corpo. Durante a tortura, o homem colocava um pano na boca da vítima e ligava o rádio no volume máximo.

Além das agressões, o suspeito dizia para a mulher que compraria uma arma para matá-la, conforme o documento.
Ainda de acordo com a polícia, o homem só foi detido depois que a vítima conseguiu fugir da casa devido a um descuido do suspeito, foi até a delegacia e comunicou o crime, isso no dia 7 de Julho.
O suspeito foi encontrado no mesmo dia, próximo à sede da polícia, pois já estava atrás da mulher, segundo a Polícia Civil. Os policiais solicitaram a prisão preventiva do homem, que foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Capela do Alto (SP).
A mulher passou por atendimento médico e realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).
Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo