Eleições 2018: No desespero, PCdoB pede acesso a dados de pesquisa Escutec, mas não aparece para ver

política/pesquisa
      Ao ver que as pesquisas mostram uma crescente na campanha de sua adversária, os comunistas entraram em desespero, e não se conformam com o crescimento de Roseana, e querem de todas as formas manipularem os resultados das pesquisas. O PCdoB pediu à Justiça Eleitoral, mas não compareceu à sede da Escutec para ter acesso aos dados da última pesquisa divulgada pelo instituto.
A informação vem do blog do Marco D’Eça.
O levantamento, divulgado no dia 6 de setembro (reveja), confirma que a eleição no Maranhão será decidida apenas no 2º turno.
Após a publicação do resultado, a coligação do governador Flávio Dino (PCdoB) protocolou petição em que pedia “acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados” da pesquisa Escutec registrada sob o número 07603/2018.
A fiscalização foi autorizada pelo juiz eleitoral Alexandre Lopes de Abreu, do TRE-MA.
_________________Leia mais

Em 12 de setembro, a Escutec encaminhou ao escritório Carlos Lula Advogados, que representa o comunista, e-mail em que disponibilizava todas as informações requeridas e definia data e horário para que a coligação fizesse, in loco, o exame aleatório das planilhas.
– Outrossim, informamos aos advogados que nossa empresa estará disponibilizando o exame aleatório de planilha, mapas ou equivalentes (…) no horário comercial de 14h às 17hs, do dia 14/09 em nossa sede própria (…) – disse o documento, cujo recebimento foi confirmado oficialmente em email do próprio Carlos Lula, como mostra print abaixo.
Mas ninguém da coligação apareceu.
Acompanhe nossa página e fiquem informados de tudo

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo